Após meses de acusações, Johnny Depp e Amber Heard oficializam divórcio

  • Por Jovem Pan
  • 16/08/2016 13h12
Amber Heard tem provas de agressão de Johnny Depp - Instagram

Segundo o site “TMZ”, Johnny Depp e Amber Heard assinaram os papéis de divórcio nesta terça-feira (16), após o astro de “Piratas do Caribe” ser acusado de agressão por sua agora ex-esposa. A publicação diz que Depp teria concordado em pagar US$ 7 milhões para que Heard retirasse a acusação de agressão doméstica.

Após o fim do processo, o casal divulgou uma nota em que dizem que a relação entre eles sempre foi intensa e às vezes vulnerável, mas sempre cheia de amor. “Nunca houve intenção de dano físico ou emocional”. Amber irá doar uma parte do valor recebido pelo ator para alguma instituição de caridade.

O casamento de pouco mais de um ano e meio chegou ao fim em 21 de março, quando Amber acusou Johnny de a ter agredido com um celular no rosto. Fotos da atriz com o olho machucado começaram a ser divulgadas, piorando ainda mais a imagem do astro de Hollywood.

No último fim de semana, a acusação ganhou ainda mais força após o “TMZ” apresentar um vídeo em que Depp aparece alterado, batendo porta de armário e quebrando copos, enquanto Heard pergunta o que estava acontecendo.