Rihanna critica uso de modelos trans em desfiles e campanhas como “ferramenta de marketing”

  • Por Jovem Pan
  • 04/12/2017 14h52
Reprodução

Dona da grife Fenty, Rihanna fez questão de se posicionar sobre um assunto delicado no mundo da moda: a contratação de modelos trans para participar de desfiles e campanhas de moda.

Questionada sobre o assunto por um fã no Twitter, Rihanna afirmou que não pretende fazer uma escalação exclusiva de modelos trans para a sua marca e explicou que é contra grifes usam modelos simplesmente para passar uma falsa ideia de diversidade.

“Tenho tido o prazer de trabalhar com muitas mulheres trans talentosas ao longo dos anos, mas não faço escalação de elenco trans. Assim como não faço escalações específicas para mulheres não trans heterossexuais! Eu respeito todas as mulheres e não é da minha conta se ela é trans ou não. É pessoal e algumas mulheres trans se sentem mais confortáveis para se abrirem sobre isso com outros, então tenho que respeitar isso como uma mulher também”, escreveu.

“Não acho justo uma mulher trans, ou homem, serem usados convenientemente como ferramenta de marketing! Frequentemente vejo empresas fazendo isso com pessoas trans e mulheres negras! Há sempre apenas um lugar na campanha para simbolizar que ‘somos muito diversificados’. É triste”, lamentou.