Com Parker em quadra, Spurs querem revanche contra o Heat nas finais da NBA

  • Por Agencia EFE
  • 04/06/2014 19h39

San Antonio (EUA), 4 jun (EFE).- A partir da 22h (de Brasília) desta quinta-feira, San Antonio vive, mais uma vez, o clima de final de NBA, mais de uma vez diante do Miami Heat, como no ano passado, e antes da bola subir, os torcedores dos Spurs já têm uma boa notícia: Tony Parker vai para a quadra.

O treinador Gregg Popovich garantiu que o armador francês, que treinou nesta quarta-feira com a equipe, vai para o jogo. Parker sentiu uma lesão no tornozelo esquerdo durante o sexto jogo contra o Oklahoma City Thunder pelas finais da Conferência Oeste, mas já está recuperado. “Tony (Parker) estará com a equipe para o primeiro jogo contra o Miami Heat. É uma ótima notícia, pois sua presença nos deixa melhores”, comemorou o técnico.

Parker é o cestinha (média de 17,2 pontos) e líder de assistências (média de 4,9 por jogo) da equipe do Texas na fase final. Mas convive com lesões desde as séries contra o Dallas Mavericks e o Oklahoma.

O veterano ala-pivô Tim Duncan, de 38 anos, não foge da rivalidade e afirma que essa será a grande chance da equipe se recuperar das finais do ano passado. “Teremos uma ótima oportunidade de completar o que não fizemos na última temporada”, comentou Duncan, que já tem quatro títulos da Liga.

O ala-pivô dos Spurs é o quarto jogador na história com mais de 38 anos a disputar uma Final de NBA como titular. Antes dele só Abdul-Jabbar (1985, 1987, 1988 e 1989), Karl Malone (2004) e Jason Kidd (2011). “Não me preocupo com as estatísticas, nem com as marcas. Só quero ajudar a equipe”, garantiu Duncan.

A repetição das equipes nas finais em dois anos consecutivos é algo que não ocorre desde 1998, quando se enfrentaram Chicago Bulls e Utah Jazz. Na época, o lendário Michael Jordan foi o Jogador Mais Valioso (MVP) das finais.

Duncan e o ala LeBron James, do Heat, são os dois jogadores com mais vitórias nos últimos dez anos da liga. Duncan, de 38 anos, alcançou 622 vitórias, enquanto James tem 621, e ambos também disputaram cinco finais.

LeBron, dono de quatro prêmios de Jogador Mais Valioso (MVP) da liga, está próximo de conseguir o tricampeonato consecutivo da competição – algo que só aconteceu quatro vezes na história (Mineapolis Lakers – 1952/1954; Boston Celtics (1960/1966) e Chicago Bulls – 1991/1993 e 1996/1998). “Estamos prontos para defender o nosso título e mostrar que o alcançamos foi por mérito nosso”, declarou James. EFE