Boca Juniors repudia ato racista em jogo contra o Corinthians e fala em possível punição a torcedor

O torcedor argentino chegou a ser detido, mas já foi liberado após o pagamento de fiança

  • Por Jovem Pan
  • 27/04/2022 12h44
NELSON GARIBA/AGÊNCIA F8/ESTADÃO CONTEÚDO torcedor é preso na Neo Química Arena Torcedor do Boca Juniors foi preso por ato racista na partida contra o Corinthians

O Boca Juniors usou suas redes sociais na tarde desta quarta-feira, 27, para repudiar o ato racista de um de seus torcedores na derrota para o Corinthians, na Neo Química Arena, pela terceira rodada da Copa Libertadores da América. Em nota, o clube argentino disse que irá analisar as imagens e discutir uma possível punição ao homem argentino, que chegou a ser detido, mas já foi liberado após o pagamento de fiança. “O Club Atlético Boca Juniors expressa seu repúdio absoluto aos gestos racistas e xenófobos de um torcedor em relação aos torcedores do Corinthians. Na próxima reunião do Conselho de Administração serão analisadas as medidas a implementar e as eventuais sanções a aplicar”, declarou a diretoria.