Al-Hilal culpa Gabriel por negociação frustrada e não quer ressarcir Corinthians

  • Por Jovem Pan
  • 04/09/2019 16h22
Rodrigo Gazzanel / Ag. Corinthians⠀Gabriel

A novela envolvendo Gabriel e o Al-Hilal teve um novo capítulo nesta quarta-feira (4). O chefe do departamento de comunicação do clube árabe soltou uma nota oficial em seu Twitter culpando o volante pela negociação frustrada com o Corinthians.

Segundo o comunicado, Gabriel não usou os bilhetes emitidos pelo Al-Hilal para sua ida à Arábia e entrou em campo pelo Corinthians contra o Fluminense, na quinta-feira da semana passada, quando o acerto já era dado como encaminhado e o clube tinha pedido para o volante não jogar.

O clube árabe alega que o corintiano descumpriu o combinado e por isso não irá ressarcir o jogador. O Al-Hilal alega que o acordo com o Corinthians só era válido se tivesse se acertado com o atleta. Como isso não aconteceu, não teria acordo e não tem motivo para pagar nada ao clube paulista.

Os advogados de Gabriel e do Corinthians estudam a melhor possibilidade para entrar com uma ação contra o Al-Hilal.

Veja o comunicado oficial do Al-Hilal traduzido

“Referindo-se aos rumores da mídia sobre uma reclamação sobre a negociação do Al-Hilal com o clube brasileiro Corinthians em relação ao jogador Gabriel Franco. Explicamos que a posição do Al-Hilal é legalmente válida e que o clube não é obrigado a pagar qualquer quantia. O contrato inicial assinado entre os dois clubes está condicionado ao acordo com o jogador. A administração do clube durante as negociações com o jogador deu dois passos: o primeiro é um prazo para o jogador responder. Depois, dois bilhetes de avião garantidos ao jogador, a seu pedido, para vir a Dubai negociar. O jogador falhou no voo garantido pelo clube, não respondeu por aceitação ou rejeição e depois entrou em campo por sua equipe.”