Corinthians perde para Atlético-PR e segue sem vencer fora de casa no returno do Brasileirão

  • Por Jovem Pan
  • 21/11/2018 23h55 - Atualizado em 22/11/2018 00h02
REINALDO REGINATO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDOLéo Pereira comemora o gol da vitória do Atlético-PR sobre o Corinthians

A campanha do Corinthians fora de casa no segundo turno do Campeonato Brasileiro é pífia. O time comandado por Jair Ventura continua sem vencer longe de seus domínios e nesta quarta-feira (21), a derrota foi para o Atlético-PR: 1 a 0, na Arena da Baixada, pela 36ª rodada da competição nacional de pontos corridos.

O gol da partida foi marcado por Léo Pereira no início do segundo tempo, após vacilo da zaga corintiana, que ficou olhando o jogador adversário subir sozinho no meio da área e mandar para as redes. No Brasileirão, o Corinthians só venceu longe de seus domínios o rebaixado Paraná (4 a 0), na segunda rodada, e o Vasco (4 a 1), na 16ª. De lá para cá, foram só tropeços.

A nova derrota mantém o Corinthians em 12º lugar, com 43 pontos, a seis de distância da zona de rebaixamento, faltando dois jogos para o término da competição: o time recebe a Chapecoense no domingo (25) e fecha a participação contra o Grêmio, em 2 de dezembro, fora de casa.

O tropeço também demonstra o nervosismo do Corinthians em buscar a reação em campo. Os comandados de Jair Ventura começaram bem a partida e criaram duas chances para abrir o placar nos primeiros minutos. Ralf apareceu na segunda trave e desviou para fora cobrança de escanteio. Pouco depois, Pedrinho tabelou com Mateus Vital e chutou para defesa de Santos.

Aos poucos, o Atlético-PR conseguiu equilibrar o jogo. O time de Jair Ventura recuou e os donos da casa passaram a buscar o ataque. Cássio espalmou duas bolas em batidas de fora da área de Pablo. O jogo seguiu com as duas equipes preocupadas em se defender e pouca criatividade de seus atacantes.

Os anfitriões voltaram do intervalo mais ligados e aproveitaram um cochilo da zaga do Corinthians para abrir o placar. Após cobrança de escanteio da esquerda, Léo Pereira subiu sozinho na área e escorou para as redes.

O gol revoltou o técnico Jair Ventura, especialmente porque no dia anterior ele passou horas tentando acertar o posicionamento defensivo em jogadas de bola parada. Também descontrolou a equipe dentro de campo, que passou a ser dominada pelo rival. Cássio mandou para escanteio chutes de Nikão e Renan Lodi.

Jair tentou colocar a equipe ao ataque com a entrada de Emerson Sheik no lugar de Ralf, mas não teve jeito. O Atlético-PR recuou e, mesmo assim, conseguiu segurar o resultado, que manteve a equipe em sétimo lugar, com 53 pontos, na briga por uma vaga na Libertadores da América de 2019.

Com informações de Agência Estado