Corinthians zoa Palmeiras no aniversário de título do Estadual: ‘#PaulistinhaDay’

Através das redes sociais, o Alvinegro lançou a hashtag, relembrando a frase disparada pelo presidente do Alviverde, Maurício Galiotte, que menosprezou a competição após a partida que terminou em polêmica

  • Por Jovem Pan
  • 08/04/2021 11h16 - Atualizado em 08/04/2021 11h21
Reprodução/CorinthiansO Corinthians venceu o Palmeiras na final do Paulistão de 2018

O Corinthians tratou de cutucar o rival Palmeiras ao relembrar o aniversário de três anos do seu 29ª título do Campeonato Paulista, conquistado sobre o rival, em pleno Allianz Parque. Através das redes sociais, o Alvinegro lançou a hashtag “PaulistinhaDay”, relembrando a frase disparada pelo presidente do Alviverde, Maurício Galiotte, que menosprezou a competição após a partida que terminou em polêmica. Além disso, o Timão também postou uma foto em que uma placa de publicidade do estádio palmeirense o parabeniza pelo título. Veja as publicações abaixo.

Em 8 de abril de 2018, o Corinthians visitou o Palmeiras precisando reverter a desvantagem de 1 a 0, construída pelo arquirrival em plena Neo Química Arena, em Itaquera, na semana anterior. Logo no começo da partida, Mateus Vital fez boa jogada pela esquerda e passou para Rodriguinho marcar. Truncada, a partida não teve acontecimentos importantes até a reta final do jogo, quando o árbitro assinalou pênalti de Ralf em Dudu. Minutos depois, porém, o juiz desistiu da decisão, revoltando os palmeirenses, que até hoje reclamam de interferência externa – na época, o VAR (árbitro de vídeo) ainda não havia sido implementado no Brasil. Nas penalidades, o Timão levou a melhor e ficou com o bicampeonato do Estadual.

Depois do confronto, Galiotte afirmou que o campeonato foi “manchado” e o diminuiu. “Um exemplo de interferência externa, isso não é esporte, não ganhamos, porém, houve interferência externa. Uma vergonha, um campeonato manchado, estragado, jogado no lixo. Respeitamos o adversário, mas ninguém precisa passar por isso, nem Corinthians, nem Palmeiras, nem outro clube. Um campeonato manchado, que nos deixa com vergonha. Digo ao torcedor palmeirense: ‘Esqueçam esse Paulistinha’. Palmeiras é maior que um paulistinha, vai brigar por coisas grandes, temos todo nosso planejamento, nossos objetivos, não vamos ficar preocupados com uma situação vergonhosa”, disse o mandatário palmeirense.