Final do Paulista resgata polêmica sobre histórico do derbi Corinthians x Palmeiras

  • Por Jovem Pan
  • 30/03/2018 10h04
Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansRodriguinho comemora o gol marcado na vitória do Corinthians sobre o Palmeiras

O clássico entre Corinthians e Palmeiras tem uma polêmica em relação aos números. Os dois times costumam apresentar contas diferentes quando falam do histórico do dérbi. E segundo o Timão, é possível superar o Palmeiras em números de vitórias se forem conquistadas duas vitórias na final do Campeonato Paulista. O primeiro confronto será neste sábado, às 16h30 (de Brasília), em Itaquera.

A grande dúvida é sobre jogos do Torneio Início e da Taça Henrique Mudel, de 1938. O Palmeiras leva em conta essas partidas e apresenta os seguintes dados: 129 vitórias, 126 derrotas e 110 empates.

Já o Corinthians não contabiliza essas partidas porque elas não foram disputadas no tempo padrão de todas partidas. Com isso, os números ficam mais equilibrados: 125 vitórias palmeirenses, 124 vitórias corintianas e 106 empates.

Portanto, segundo as próprias contas, o Corinthians terá a chance de acabar com uma “freguesia” histórica, pois há muito tempo o Verdão ostenta essa vantagem e se orgulha disso. Mas é claro que isso não mudará o ponto de vista do rival.

O Palmeiras também comemora a grande vantagem que tem em finais contra o Corinthians. O clube divulgou, nesta semana, um histórico de confrontos decisivos, que chama atenção. A vantagem geral do alviverde é de 22 a 8 em finais de todas competições. Em decisões do Campeonato Paulista, o placar está 3 a 2. E considerando apenas grandes campeonatos (estaduais, regionais e brasileiros), a vantagem palmeirense é de 7 a 2. Todos estes números são do departamento de comunicação do Verdão.