Lateral brasileiro da Fiorentina sofre racismo em jogo do Italiano

  • Por Jovem Pan
  • 23/09/2019 12h05
Reprodução/TwitterDalbert, da Fiorentina, sofreu insultos racistas em partida do Campeonato Italiano

Dalbert, lateral-esquerdo da Fiorentina, foi alvo de insultos racistas no empate em 2 a 2 diante da Atalanta, no último domingo (22), pelo Campeonato Italiano. O brasileiro sofreu ataques preconceituosos da torcida adversária, no estádio Ennio Tardini, em Parma.

O ala de 26 anos avisou Daniele Orsato, árbitro da partida, que paralisou o embate aos 31 minutos do primeiro tempo. Na sequência, o sistema sonoro do estádio alertou os torcedores sobre a proibição de atos desse tipo. Três minutos depois, a partida foi retomada.

Gianni Infatino, presidente da Fifa, repudiou a manifestação discriminatória: “O racismo é combatido com educação, condenando e discutindo o tema. Na Itália, a situação não melhorou, e isso é grave”, disse.

É preciso identificar os autores dos insultos e colocá-los para fora dos estádios. Assim como na Inglaterra, precisa existir a certeza de uma condenação. Não temos que temer por condenar os racistas. Temos que combate-los até o fim”, continuou.

O racismo tem sido algo frequente nas partidas do Calcio nesta temporada. Lukaku, recém-contratado pela Inter, já foi um dos alvos; assim como Kessié, atleta do Milan.

Por meio de nota oficial, a Atalanta disse que os atos precisam ser investigados, mas que uma punição ao clube não é cabível. A Federação Italiana, por sua vez, ainda não se pronunciou.