Tuchel critica presença de Neymar na Copa Davis: ‘Não sou pai dele e nem a polícia’

  • Por Jovem Pan
  • 21/11/2019 12h33
EFE/CHRISTOPHE PETIT TESSONNeymar é atacante do Paris Saint-Germain

Treinador do Paris Saint-Germain, Thomas Tuchel criticou a postura de Neymar, que marcou presença na Copa Davis 2019 na última quarta-feira (20), em torneio de tênis que está acontecendo em Madrid. Durante entrevista coletiva, o comandante do time parisiense afirmou que nada pôde fazer para evitar a viagem do seu camisa 10.

“O que eu posso fazer? Eu não sou o pai dele nem a polícia. Ele treinou bem na quarta-feira, mas como treinador, eu não gosto dessa viagem. Ele foi muito profissional durante essas duas semanas [tempo em que voltou a treinar após a lesão], ele fez mais do que os outros”, disse o técnico.

Tuchel também falou que Neymar está apto para enfrentar o Lille, na próxima sexta-feira (22), pelo Campeonato Francês. O comandante, no entanto, não garantiu o atacante como titular. Isto, porque o brasileiro não entra em campo para uma partida oficial desde a partida entre Brasil e Nigéria, no dia 13 de outubro, quando sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda.

“Se tudo correr bem agora, ele pode jogar amanhã (sexta-feira). Mas será decidido pela manhã se começará como titular ou não”, declarou.

Na semana que vem, o PSG visita o Real Madrid, em duelo válido pela quinta rodada da fase de grupos da Champions League. Tuchel confirmou que Neymar deverá atuar contra os madrilenos, mas fez questão de pontuar sua falta de ritmo.

“Ele gostaria, mas jogar duas vezes 90 minutos para Ney, é demais. E o que isso nos trará é sua qualidade e sua capacidade de ser decisiva. É simples e difícil ao mesmo tempo. Se ele brinca conosco, somos super perigosos”, afirmou.