Santos vence Atlético-PR na Vila Belmiro com gol polêmico aos 51 do segundo tempo

  • Por Jovem Pan
  • 30/09/2018 19h45 - Atualizado em 30/09/2018 20h06
MARCO SILVA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOJogadores do Santos comemoram o gol de pênalti marcado pelo uruguaio Carlos Sánchez

O Santos acreditou até o fim e através de um lance bastante polêmico conseguiu bater o Atlético-PR por 1 a 0, neste domingo (30), pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. O gol da vitória alvinegra saiu aos 51 minutos do segundo tempo em um pênalti contestado pela equipe paranaense. Carlos Sánchez cobrou com categoria e fez o seu primeiro gol com a camisa santista.

Com o resultado, o Santos soma agora 36 pontos e está na oitava colocação. Já o Atlético-PR segue com 33 pontos e figura no 11º lugar. Pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Santos encara o Vitória no Barradão, na sexta-feira (5), às 21h30min. Já o Atlético Paranaense receberá o América-MG, sábado (6), às 16 horas, na Arena da Baixada.

O jogo

O Santos vinha de um jejum de três jogos sem vitórias e foi superior na partida, com mais posse de bola e finalizações, mas tomou alguns sustos do Atlético-PR. Logo no primeiro minuto do jogo, o Santos cometeu o primeiro vacilo de marcação e Nikão ficou cara a cara com Vanderlei, que espalmou a bola.

O Atlético, aos poucos, foi se sentindo confortável no duelo e criou mais oportunidades. Tanto Vanderlei quanto o goleiro Santos, da equipe paranaense, foram bastante exigidos nesta tarde de domingo por conta das dificuldades ocasionadas pela forte chuva que atingia a Vila.

Bruno Henrique, Eduardo Sasha e Carlos Sánchez começaram muito bem no jogo. Já Diego Pituca e Robson Bambu tiveram rendimento bem abaixo do esperado. Aos 23 minutos da primeira etapa, Bambu pediu atendimento por conta de uma lesão na coxa e, sem condições de seguir no jogo, foi direto para o vestiário. Ele foi substituído por Luiz Felipe.

O segundo tempo foi bem disputado e dois times voltaram a criar chances de marcar gols, mas parecia que o confronto estava fadado a terminar em 0 a 0. Nos minutos finais da partida, Cuca mandou a campo o jovem Kaio Jorge no lugar de Bruno Henrique. O jovem de apenas 16 anos fez a sua estreia como profissional do Santos.

E quando o empate parecia certo, um lance polêmico nos acréscimos mudou este panorama. O árbitro assinalou um pênalti duvidoso de Rony sobre Dodô, que foi deslocado pelo atleticano, na visão do juiz. Os jogadores do Atlético ficaram revoltados, mas a marcação foi mantida. E Carlos Sánchez foi para a bola, converteu o pênalti e fez seu primeiro gol pelo Santos, garantindo a vitória por 1 a 0.

Confira a narração do gol:

Com informações de Estadão Conteúdo