Tailson celebra ‘momento incrível’ no Santos e mira titularidade contra o Palmeiras

  • Por Jovem Pan
  • 07/10/2019 11h32
Divulgação/Santos FCTailson estreou com o pé direto ao marcar o gol da vitória do Santos sobre o Vasco, no Rio de Janeiro

A estreia de Tailson pelo Santos não poderia ser melhor. Promessa das divisões de base, ele recebeu uma chance como titular do técnico Jorge Sampaoli no último sábado, em São Januário, e marcou o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Vasco, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mas o meia-atacante já mira novos desafios.

Tailson agora espera ser mantido na equipe no clássico contra o Palmeiras, na próxima quarta-feira. E admite que será especial caso comece atuando em uma partida com esse peso na Vila Belmiro, o que pode acontecer, ainda mais que Derlis González estará na seleção paraguaia.

“Jogo bom, jogo difícil. Estou à disposição do Sampaoli. Se eu for titular, será um momento incrível, com a Vila Belmiro lotada e com apoio do torcedor. Vai ser muito importante”, disse, em entrevista coletiva nesta segunda-feira no CT Rei Pelé.

No Santos, Tailson carrega a responsabilidade de ser mais um jogador formado nas divisões de base, que tradicionalmente forma muitos atletas para o elenco principal. E espera corresponder ao que se espera dele, construindo uma trajetória de sucesso.

“É muito bom viver um momento como esse, mas procuro seguir trabalhando firme para não me abater. Tenho de seguir trabalhando para ter uma sequência. Eu estou aqui para fazer o meu trabalho. A torcida achando isso eu fico feliz”, comentou.

A estreia de Tailson pelo Santos se deu após algum período de instabilidade, pois ele quase deixou o clube, chegando a viajar para a Espanha, onde treinou pelo Barcelona B. De contrato renovado, recebeu a chance de Sampaoli e iniciou com gol a sua trajetória entre os profissionais. Nesta segunda-feira, então, relembrou as incertezas que encarou recentemente.

“Foi um momento difícil esses últimos meses, para resolver a questão de contrato. Meu maior objetivo foi alcançado, que era acertar com o Santos e fazer minha estreia. Aconteceu tudo muito rápido. Isso foi muito importante. Eu estava preparado, não me deixei abalar. Sabia que esse momento chegaria. Sampaoli me deu oportunidade e acreditou no meu trabalho. Pude aproveitar minha estreia incrível. Foi um sonho realizado”, comentou.

* Com informações do Estadão Conteúdo