Hummels diz que chegada de Breno o fez trocar Bayern pelo Borussia Dortmund

  • Por Jovem Pan
  • 11/09/2014 09h38
Hummels anota de cabeça o primeiro gol do jogoHummels anota de cabeça o primeiro gol do jogo

O zagueiro Mats Hummels é uma das referências mundiais quando se fala em defesa, título consolidado com a conquista da Copa do Mundo do Brasil, atuando bem durante toda a competição. Ex-atleta do Bayern de Munique, o defensor revelou, nesta quinta-feira, em entrevista ao site “Transfermakt”, que nunca teria deixado o clube bávaro caso o brasileiro Breno, promessa do São Paulo na época, não fosse contratado.

“Se o Bayern não tivesse gasto € 12 milhões (R$36 milhões) na contratação do Breno, eu nunca teria saído de lá. Apesar da situação ruim, foi a melhor coisa que poderia ter acontecido na minha carreira”, afirmou.

Hummels fez questão de criticar a política de contratações do time de Munique nas últimas temporadas. Os atuais campeões nacionais tiraram importantes peças dos aurinegros, como Götze e Lewandowski.

“O Bayern tem tido dificuldades com a gente nos últimos tempos. Eles querem tirar os jogadores daqui porque se sentem ameaçados e sabem do risco. O nosso maior orgulho é saber que o Bayern está preocupado com a gente”, comentou.

Com contrato até 2017 com o Dortmund, o zagueiro disse que procura ser um exemplo para os mais novos no clube. Muito feliz no Signal Iduna Park, Hummels garante que só sai com um acordo que seja bom para ambas as partes, por isso não exigiu nenhuma cláusula rescisória.

“Quando renovei, poderia ter escolhido uma cláusula alta pensando em uma transferência, mas não quis isso, quero ser um exemplo para os mais novos. Não poderia estar mais feliz em qualquer outro clube, e se um dia eu sair daqui, quero que seja uma negociação justa para ambas as partes”, finalizou.