Ato de canibalismo termina com 2 mortos no Reino Unido

  • Por Agencia EFE
  • 07/11/2014 03h58

Redação Central, 6 nov (EFE).- Uma jovem de 22 anos foi assassinada em um episódio de canibalismo na cidade de Argoed, no País de Gales, e o suposto autor do ato morreu após ser atingido por disparos de um policial com um taser, informou no fim da noite de quinta-feira a emissora “BBC”.

O caso ocorreu no antigo Hotel Sirhowy, que agora funciona como um abrigo, por volta de 1h23 no horário local (23h23 de Brasília da quarta-feira), quando a polícia recebeu uma denúncia que um homem, identificado como Matthew Williams, estava atacando uma mulher, informou uma fonte policial.

A morte da jovem está sendo tratada como assassinato, disse a mesma fonte à emissora britânica.

A polícia confirmou para a “BBC” que os agentes atiraram com um taser, uma pistola que emite uma descarga elétrica, em Williams, de 34 anos, que foi detido logo em seguida, mas acabou morrendo mais tarde.

O crime está sendo investigado pela Comissão Independente de Ouvidoria da Polícia (IPCC, sigla em inglês) de acordo com a fonte jornalística. EFE