Doria rebate Lula e mostra carteira profissional assinada: “sou trabalhador honesto”

  • Por Jovem Pan
  • 06/05/2017 19h25
SP - DORIA/CIDADE VERDE - POLÍTICA - O prefeito João Doria lança o programa Cidade Verde no Parque do Carmo, localizado na Zona Leste de São Paulo (SP), neste sábado (6). O parque também receberá um mutirão para uma série de ações de revitalização do local, com a participação de 800 voluntários. A cidade receberá doação de 600 mil mudas que serão plantadas em diversos parques. 06/05/2017 - Foto: PETER LEONE/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDODoria rebate Lula e mostra carteira profissional assinada: “sou trabalhador honesto”

O prefeito de São Paulo, João Doria (SPDB), rebateu a acusação que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fez a ele durante o 6º congresso do Partido dos Trabalhadores, que aconteceu na última sexta. Neste sábado (6), Doria mostrou a sua carteira de trabalho assinada, desmontando a acusação do petista, que tinha desafiado o líder da capital de São Paulo a provar que precisou batalhar na vida.

“Você além de mentiroso e covarde é desinformado. Está aqui a minha carteira de trabalho. Eu com 13 anos já trabalhava, fazia o que poucas vezes você fez na sua vida. Eu trabalho e trabalho honesto. Eu sou decente, diferente de você. Eu trabalhei a vida inteira para ter um patrimônio moral que você não tem. Os meus filhos têm orgulho de mim porque o pai trabalha, o pai não rouba, o pai é decente, o pai é brasileiro. Você tome vergonha e seja melhor informado!”, disse.

Na última sexta, Lula fez um discurso inflamado e disparou contra imprensa, Doria e Jair Bolsonaro, candidato que aparece como seu grande adversário na próxima eleição presidencial. Ele chamou o deputado carioca de “facista”.

Já contra o prefeito paulistano, que pode acabar despontando como o nome do PSDB para a disputa, o ex-presidente usou as palavras almofadinha e coxinha para provocar, além de insinuar que Doria nunca precisou assinar a carteira de trabalho para ganhar dinheiro.

“Um almofadinha, um coxinha ganhas as eleições em São Paulo se fazendo passar junto ao povo mais humilde por João Trabalhador. Se encontrarem com ele por aí, perguntem se ele já teve uma carteira profissional assinada”, vociferou.

Na próxima quarta-feira, Lula irá prestar depoimento ao juiz Sergio Moro, na Operação Lava Jato, como testemunha de defesa do ex-deputado Eduardo Cunha. O interrogatório acontecerá por meio de videoconferência, às 17h30.