Filha de Temer presta depoimento por 4 horas em São Paulo

  • Por Estadão Conteúdo
  • 03/05/2018 15h45
RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOMaristela, filha do presidente Temer, prestou depoimento na sede da Polícia Federal no Aeroporto de Congonhas, localizado na Zona Sul de São Paulo

A filha do presidente Michel Temer, Maristela, prestou depoimento nesta quinta-feira (3) por quatro horas à Polícia Federal no inquérito que investiga o decreto de Portos. Ela deixou a sede da PF em Congonhas por volta das 14h. Segundo seu advogado, Fernando Castelo Branco, ela “prestou todos os esclarecimentos” para o delegado responsável pelo inquérito, Cleyber Nunes.

A expectativa da PF era conseguir maiores informações sobre uma reforma realizada em sua casa e que teria sido paga pelo ex-coronel da Polícia Militar João Batista Lima Filho.

Lima Filho é amigo de Temer e foi um dos presos na Operação Skala, que investiga se o presidente, por meio de decreto, beneficiou empresas do setor portuário em troca de recebimento de propina, além de ter sido citado na delação da JBS.