Senadora Amélia considera fala de Gleisi “injusta” e vai ao Conselho de Ética

  • Por Jovem Pan
  • 27/08/2016 10h15
Divulgação/Site Oficial"Ela foi muito corajosa", disse sobre a candidata da Rede

A senadora Ana Amélia (PP-RS) protocolizou um requerimento para Gleisi Hoffmann (PT-RS) para que ela indique quais os senadores que não têm moral para julgar a presidente afastada Dilma Rousseff. Em entrevista exclusiva à Jovem Pan, Amélia criticou o fato de a petista dizer que parte do Senado “não tem moral” para julgar Dilma.

“Eu ontem entrei no Conselho de Ética, protocolizei uma representação para que ela indique quais são os senadores ou senadoras que não têm moral para julgar a presidente Dilma Rousseff. Eu acho uma injustiça para muitos senadores que ela tenha generalizado essa atitude, então ela tem essa responsabilidade de identificar quais são os senadores que não têm moral pra esse julgamento”, afirmou Amélia.

Segundo a senadora, a demora e tentativa de procrastinar o processo de impeachment pela defesa de Dilma “esgota e cansa”. Para ela, a atitude não consegue provar a inocência da petista.

“Quem mais pergunta é a defesa da presidente, com o objetivo claro de tentar arrancar das testemunhas a confirmação de que ela não cometeu crimes. E isso é impossível porque no artigo 85 da Constituição está muito claro a lesão a este delito. Então, do ponto de vista administrativo, ela é uma presidente honesta, ela está sendo julgada injustamente, mas é do processo, é a responsabilidade que ela tem como chefe do país”, explicou Amélia, que disse que os senadores estão examinando neste processo o comportamento dela como presidente da República.

De acordo com a gaúcha, Dilma não tinha o costume de se comunicar com o Congresso. “O país chegou na situação que está exatamente pelos erros cometidos e por uma falta de diálogo com os interlocutores que ajudavam ali no Congresso Nacional. O Congresso era um detalhe na visão da presidente. Ela não tinha nem gosto e nem prazer de conversar e dialogar com o Congresso Nacional. Então, todo esse conjunto de coisas levou a isso”, contou.

Confira no áudio acima a entrevista completa da senadora Ana Amélia (PP).