Deslizamento de terra deixa 30 mortos e mais de 18 desaparecidos no Nepal

  • Por Agencia EFE
  • 30/07/2015 14h19

(aumenta o número de vítimas)

Katmandu, 30 jul (EFE).- Um deslizamento de terra ocorrido na região central do Nepal devido às fortes chuvas que atingem o país deixou 30 mortos, 24 feridos e outras 18 pessoas desaparecidas, informou nesta quinta-feira à Agência Efe uma fonte oficial.

A maioria das mortes ocorreu na demarcação administrativa de Gandaki, no centro do país, onde pelo menos 25 pessoas perderam a vida após um grande deslizamento na noite de ontem, segundo afirmou a polícia do Nepal em comunicado.

“Mais de 18 pessoas permanecem desaparecidas. Não temos certeza se continuam com vida ou se estão soterradas pelo deslizamento”, detalhou à Efe o porta-voz do departamento de polícia, Kamal Singh Bam.

A fonte acrescentou que os feridos foram levados a dois hospitais da cidade de Pokhara.

O exército e a polícia do país lideraram os trabalhos de resgate durante o dia e mobilizaram dois helicópteros militares para transferir as vítimas, já que os deslizamentos impedem o acesso por estrada em várias regiões, explicou o porta-voz do Ministério do Interior, Laxmi Prasad Dhakal.

As chuvas continuaram ao longo do dia e dificultaram as operações de resgate, que serão reatadas amanhã de manhã, segundo Dhakal, que acrescentou que várias pessoas foram evacuadas dos lugares afetados.

Após o terremoto que atingiu o Nepal no dia 25 de abril e tirou a vida de quase 9 mil pessoas, vários deslizamentos de terra ocorreram no país.

Os deslizamentos e as inundações são frequentes no Nepal e no resto do sul da Ásia na época da monção, mas as autoridades alertaram que neste ano haveria mais deslizamentos do que o normal nas regiões afetadas pelo terremoto. EFE