Empregados da USP aceitam proposta do TRT, mas não encerram greve

  • Por Agencia Brasil
  • 08/09/2014 17h46

Os funcionários da Universidade de São Paulo (USP) aceitaram na tarde de hoje (8) a proposta feita pelo Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-2) de reajuste salarial de 5,2%, parcelado em duas vezes: em outubro e janeiro do próximo ano. No entanto, a concordância não significa o fim da greve, que deve ser decido na próxima quinta-feira, após novas reuniões, segundo previsão de Magno de Carvalho, diretor do Sindicato dos Trabalhadores da USP (Sintusp). Eles estão em greve há 104 dias.

Português, Brasil
  • Tags: