Ministério da Agricultura anuncia crédito de R$ 156 bilhões para o campo

  • Por Agencia EFE
  • 19/05/2014 16h15

Brasília, 19 mai (EFE).- A presidente Dilma Rousseff anunciou nesta segunda-feira que porá à disposição dos produtores agrícolas e pecuários um plano de crédito de R$ 156 bilhões, o que representa um aumento de 14,7% em relação à temporada anterior.

O Plano de Safra 2014-2015, anunciado hoje em cerimônia oficial no Palácio do Planalto, em Brasília, prevê destinar R$ 156 bilhões para financiamento de custos e R$ 44,1 bilhões para programas de investimento.

Dilma admitiu que, pelas dimensões dos setores agrícola e pecuário do país, os recursos destinados nesse plano de créditos pudessem ser insuficientes, embora garantiu que, se fosse assim, o governo está disposto a aumentar esse apoio financeiro.

“Iremos garantir integralmente que não faltará crédito para os produtores da agricultura e pecuária”, declarou a governante.

Apesar do aumento dos interesses em algumas áreas, em relação ao apoio oficial oferecido no ano passado, o governo precisou que as taxas foram “em grande parte” preservadas e que as condições de crédito para os produtores rurais são mais vantajosas que a taxa Selic.

O ministro da Agricultura, Neri Geller, disse no mesmo ato que a taxa Selic aumentou de 7,5% para 11% no último ano, mas mesmo assim garantiu que as taxas de juros dos créditos para o campo se situam em uma média de 6,5% ao ano.

De acordo com a presidente, o chamado Plano de Safra de 2014-2015 “vai contribuir com medidas para superar os recordes de produção atingidos na safra deste ano” em diversos ramos da atividade agrícola. EFE