Moradores de bairro paulistano amargam transtornos após dias de folia marcados pela falta de educação

  • Por Jovem Pan
  • 16/02/2015 11h45
Foliões durante desfile do Bloco do Esfarrapado no bairro do Bixiga em São Paulo (SP)Blocos de rua agitam o carnaval de São Paulo

Moradores da Vila Madalena amargaram transtornos e prejuízos depois de noite de folia marcada por consumo de entorpecentes e falta de educação. Tradicional ponto da boêmia paulistana, o bairro voltou a receber multidões neste carnaval após as grandes concentrações da Copa do Mundo.

Na noite de sábado para domingo, o tradicional samba acabou dando lugar aos chamados pancadões com o som alto invadindo a madrugada. A aposentada Maria Justo contou à repórter Giulia Simcsik que ela viu o uso de drogas e sexo nas ruas, e a transformação da frente de sua casa em latrina.

*Confira o depoimento no áudio completo

Outros transtornos também ocorreram na noite de sexta-feira para sábado, inclusive com atos de vandalismo contra uma residência. O coordenador da Associação Sossego Vila Madalena, Tom Green, falou ao repórter Tiago Muniz sobre os problemas que enfrentou naquela noite.

“Na sexta-feira (13) durante uns 20 minutos fomos atacados com pedras, paus de madeiras, garrafas. Ainda bem que minha casa tem dois andares e as pessoas não conseguiam entrar. Não tinha nenhuma polícia”, disse Green.

A associação chegou a encaminhar um ofício à Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo pedindo mudanças no carnaval na Vila Madalena. Entre outras medidas, foi solicitada a passagem dos blocos apenas no sábado, no domingo e na terça, além da proibição de carros de som.

*Confira o áudio completo acima