Austrália registra primeira morte causada por variante Ômicron da Covid-19

Segundo governo local, homem de 80 anos que faleceu tinha comorbidades e contraiu doença em casa de repouso de Nova Gales do Sul

  • Por Jovem Pan
  • 27/12/2021 05h32
REUTERS/Loren Elliott pessoa na austrália sozinha diante do mar Apesar do aumento de casos no país, Austrália descartou qualquer nova imposição de lockdown

Autoridades australianas informaram nesta segunda-feira, 27, que registraram a primeira ocorrência de morte vinculada à infecção por variante Ômicron da Covid-19 no país. A vítima é um homem de 80 anos com comorbidades que morava em Nova Gales do Sul, onde 6,3 mil novos casos da doença foram registrados do domingo para a segunda. De acordo com o governo local, o homem foi um dos infectados em um centro de saúde para a terceira idade onde estava alojado. Ele já tinha recebido todo o calendário vacinal contra a Covid-19, inclusive, a terceira dose. Mesmo com as mortes e o aumento no número de casos da doença no país, o governo afirmou que não vai mais aplicar qualquer restrição de isolamento à população. Comandantes regionais, porém, como os de Victoria e de Nova Gales do Sul, têm aplicado medidas como a retomada da obrigatoriedade do uso de máscaras em ambientes fechados. Do começo da pandemia até o momento, 291 mil pessoas se infectaram com a doença e 2,1 mil morreram no país oceânico.