Durante missa de Páscoa, Papa Francisco lamenta ataques no Sri Lanka: ‘Luto e dor’

  • Por Jovem Pan
  • 21/04/2019 09h59
EFEPapa Francisco discursou para multidão em celebração da Páscoa no Vaticano

O Papa Francisco falou durante a missa de Páscoa sobre os ataques que deixaram centenas de mortos e feridos no Sri Lanka neste domingo (21).

“Soube com tristeza e dor as notícias sobre os graves ataques, que precisamente hoje, Páscoa, levou luto e dor às igrejas e outros lugares onde as pessoas estavam reunidas no Sri Lanka”, disse o Papa para as milhares de pessoas que acompanhavam as celebrações do Domingo da Ressurreição na Praça de São Pedro, no Vaticano.

“Quero expressar minha afetuosa proximidade com a comunidade Cristã, atingida enquanto estava reunida em oração, e a todas as vítimas dessa violência tão cruel. Confio ao Senhor aqueles que morreram tragicamente e rezo para os feridos e por todos aqueles que estão sofrendo por causa desse dramático evento”, disse o Papa Francisco, que esteve no Sri Lanka em 2015.

Outros líderes mundiais também se manifestaram e condenaram os ataques ao país. O presidente norte-americano Donald Trump disse no Twitter que os “Estados Unidos oferecem sinceras condolências ao grande povo do Sri Lanka. Estamos prontos para ajudar!”.

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, escreveu nas redes sociais que “os atos de violência contra igrejas e hotéis no Sri Lanka são realmente assustadores, e minhas mais profundas condolências vão para todos os afetados neste momento trágico”. “Devemos nos unir para garantir que ninguém nunca tenha que (praticar) sua fé com medo”, disse.

Após uma série de explosões simultâneas em quatro hotéis, um complexo de casas e três igrejas no Sri Lanka, que deixou pelo menos 187 mortos e 469 pessoas feridas, o Governo decretou estado de emergência em todo o país e a polícia impôs toque de recolher diante do temor de novos ataques.