Reino Unido deve ter clareza para resolver questões pendentes no Brexit, diz UE

  • Por Estadão Conteúdo
  • 16/02/2018 12h00
EFEO negociador europeu afirmou estar "trabalhando em uma solução com os britânicos, não contra eles"

Principal negociador da União Europeia para o processo de saída do Reino Unido do país (Brexit), Michel Barnier disse que o governo britânico precisa ter clareza sobre como pretende resolver as divergências surgidas no processo de partida do bloco. Além disso, Barnier enfatizou que deseja que a relação siga adiante.

O negociador europeu afirmou estar “trabalhando em uma solução com os britânicos, não contra eles”. Ele advertiu, porém, que as exigências de Londres tornam impossível que se chegue a um acordo similar ao existente entre a UE e a Noruega.

Durante evento em Munique, Barnier disse que os dois lados caminham para um Brexit ordenado, evitando um cenário em que não saia nenhum acordo, defendido por alguns britânicos mais céticos com o bloco europeu.

As companhias, por sua vez, deveriam usar o prazo até março de 2019 para se preparar para as consequências do Brexit, muitas das quais subestimadas, notou a autoridade.