Reino Unido nega ter concordado com multa de 36 bilhões de libras por Brexit

  • Por Estadão Conteúdo
  • 07/08/2017 11h42
WOL001. London (United Kingdom), 04/06/2017.- British Prime Minister Theresa May delivers a statement on the previous night's terrorist incident, at Downing Street, in London, Britain, 04 June 2017. At least seven members of the public were killed and dozens injured after three attackers on late 03 June plowed a van into pedestrians and later randomly stabbed people on London Bridge and nearby Borough Market. The three attackers wearing fake suicide vests were shot dead by police who is treating the attack as a 'terrorist incident.' (Londres, Atentado, Terrorista) EFE/EPA/WILL OLIVERA renegociação dos tratados que o Reino Unido assinou enquanto membro da União Europeia é um dos principais problemas relacionados ao Brexit

O governo britânico negou ter concordado com o pagamento de uma multa de 36 bilhões de libras referente à saída do país da União Europeia, após uma reportagem publicada pelo jornal The Telegraph no domingo levantar a informação.

O porta-voz da primeira-ministra Theresa May, James Slack, afirmou nesta segunda-feira que o Reino Unido está preparado para pagar “um acordo justo”, mas disse desconhecer os números apresentados pelo jornal.

A renegociação dos tratados que o Reino Unido assinou enquanto membro da União Europeia é um dos principais problemas relacionados ao Brexit. O bloco disse que não vai discutir as relações comerciais futuras com o país até que haja progresso nesta área.