Polícia prende 2 homens por sumiço de Miss Honduras e sua irmã

  • Por Agencia EFE
  • 19/11/2014 00h39

Tegucigalpa, 18 nov (EFE).- A polícia de Honduras prendeu nesta terça-feira dois homens suspeitos de envolvimento no desaparecimento da Miss Honduras Mundo 2014, María José Alvarado, e sua irmã, Sofia Trinidad, na última quinta-feira na região oeste do país, informou uma fonte policial.

Antonio Ruiz Plutarco, de 28 anos, namorado de Sofia Trinidad, foi detido durante uma batida policial no município de San Vicente, no departamento (estado) de Santa Bárbara, disse aos jornalistas o chefe de polícia local, José Casco Torres.

A polícia também capturou Aris Valentín Maldonado, em Santa Bárbara, para averiguar sua relação com o caso, acrescentou Torres, que esclareceu que mais prisões podem acontecer.

A mãe das irmãs Alvarado, Teresa Muñoz, pediu que as autoridades investigassem Ruiz, já que ele foi uma das últimas pessoas que teve contato com suas filhas antes do desaparecimento.

María José e Sofia Trinidad estiveram na última quinta-feira em uma festa em Santa Bárbara para comemorar o aniversário de Plutarco, que é acusado junto com Maldonado pelo crime de cárcere privado, disse o chefe policial.

Mais cedo, o titular da Direção Nacional de Investigação Criminal (DNIC), Leandro Osorio, disse à Agência Efe que a hipótese de sequestro foi descartada, pois não houve contato com a família e “ninguém pediu dinheiro de resgate”. EFE