Com Roberto Jefferson preso, PTB racha e começa a se arrastar

Cristiane Brasil, filha do presidente da sigla, tem atritos com Graciela Nievov, que assumiu o lugar de Jefferson, e afirma que só quer ver o pai ‘longe dos demônios’

  • Por Álvaro Alves de Faria
  • 04/10/2021 13h31
EDUARDO MATYSIAK/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDORoberto Jefferson está preso desde agosto acusado de promover ataques à democracia

Roberto Jefferson enlouqueceu. Pelo menos é o que diz a filha dele, Cristiane Brasil. Com a prisão de Jefferson, determinada pelo ministro do STF Alexandre de Moraes, o PTB rachou completamente. Está aos pedaços. Ninguém sabe quem manda. Todo mundo quer dar ordem. Dividido em grupos, o partido vai se arrastando. Diante disso, na noite deste sábado, 2, a filha de Jefferson, Cristiane Brasil, postou várias vezes numa rede social que seu pai não está bem da cabeça. Quer dizer: está louco. É o que se entende. O comando interino do partido passou para Graciela Nievov, com quem Cristiane vem tendo muitos atritos. Não dá mais para continuar assim. Cristiane Brasil afirma que seu pai estaria sob influências indevidas na legenda. Roberto Jefferson, que é o presidente do PTB, foi preso por ataques à democracia. No início de setembro foi transferido para um hospital particular na zona sul do Rio de Janeiro para tratar de uma infecção urinária e passou por um cateterismo.

Graciela, a interina, também postou mensagens na rede social no sábado à noite, respondendo à Cristiane Brasil. A interina escreveu que ela foi escolhida por Deus para responder pelo PTB na ausência de Roberto Jefferson, e a filha de Jefferson postou como resposta: “ É com profundo pesar que afirmo que meu pai não está bem da cabeça”. Cristiane garante que seu pai foi obrigado a gravar vídeos que não queria, segurando armas, criticando a democracia, o Supremo Tribunal Federal. Cristiane denunciou um vídeo aparentemente gravado no hospital, em que Jefferson elogia a interina Graciela e critica a filha. Cristiane pergunta: quem está fazendo meu pai gravar coisas assim? Nas suas mensagens, Cristiane observou que não quer saber do PTB, dizendo que somente quer ver o pai longe desses “demônios”.

O problema é que essa questão surgiu bem quando o presidente Jair Bolsonaro está prestes a se filiar ao PTB para disputar a reeleição em 2022. Mas as duas mulheres – a filha e a interina – declararam guerra uma à outra. Cristiane adianta que a interina Graciela está pondo a vida de seu pai em risco. A filha de Jefferson assegura que o comportamento da interina vai deixar seu pai apodrecer na cadeia. A tensão cresce cada vez mais. Fala-se até na expulsão de desafetos, o que incluiria Cristiane Brasil. Pior: as expulsões serão determinadas por Roberto Jefferson. É muita loucura para um partido só. Aliás, esse retrato do PTB é igual a muitos dos demais partidos brasileiros, umas pelancas de aluguel nas eleições, filiações que custam muito dinheiro. Os pequenos partidos são, na verdade, uma fábrica de fazer dinheiro para seus dirigentes. Partidos insignificantes, que existem como um negócio lucrativo. Então saibam todos: O presidente do PTB, Roberto Jefferson, segundo sua filha Cristiane Brasil, não está bem da cabeça. Está louco. Não tem condições de dirigir a própria vida. Partindo de uma filha, tem que ser coisa séria. Só falta agora Bolsonaro se filiar ao partido para enlouquecer todo mundo.