Marco Aurélio Mello vive hoje, e feliz, no “país do faz de conta”

  • Por Jovem Pan
  • 26/06/2018 09h52
Carlos Humberto/SCO/STF/ DivulgaçãoO modelo Marco Aurélio de 2006 saiu de circulação

Em maio de 2016, ao assumir a presidência do TSE, Marco Aurélio Mello transfrmou seu discurso de posse em alentadora mensagem ao Brasil que presta. Indignado com o mensalão, ele prometeu que o Judiciário ajudaria a implodir o “país do faz de conta”. De lá para cá, o pântano de delinquentes não parou de crescer. Mas o modelo Marco Aurélio de 2006 saiu de circulação. Agora, o ministro qualifica de ilegal e inconstitucional a prisão de Lula. Ele mudou d elado, de Turma e de endereço.

Confira o comentário completo de Augusto Nunes: