Bruno Garschagen: Se houve acordo de delação, hacker tem informações importantes

  • Por Jovem Pan
  • 04/12/2019 07h44
Jose Lucena/Futura Press/Estadão ConteúdoLuiz Henrique Molição foi um dos detidos da Operação Spoofing - mas, com a colaboração, deve ser liberado nos próximos dias

A Justiça Federal homologou a delação premiada de suspeitos de ligação com ataques hackers aos celulares de autoridades. Luiz Henrique Molição foi um dos detidos da Operação Spoofing – mas, com a colaboração, deve ser liberado nos próximos dias.

“Se houve acordo de delação é porque ele tem informações que convenceram os policias da necessidade de firmar esse acordo. E aí devemos ter algumas respostas fundamentais para explicar esse caso. Quem estava envolvidos, além dos hackers? Houve mais gente envolvida além dos presos?”

“Houve pagamento para que o hackeamento fosse feito? E para que as mensagens fossem entregues ao The Intercept – que vem publicando essas informações em parceria com outros jornais? Todas essas informações vão fundamentar o processo para posterior atribuição de responsabilidade e punições.”