Carlos Andreazza: Agora virou vidraça, é melhor já ir se acostumando

  • Por Jovem Pan
  • 21/01/2019 07h52
Ernesto Rodrigues/Estadão ConteúdoA coisa cheira muito mal, e dias difíceis virão. Inclusive com impacto no Governo de Jair Bolsonaro

Sob o aspecto jurídico do caso Fávio Bolsonaro. Pessoalmente, considero temeridade o MP poder solicitar dados financeiros de um cidadão sem autorização do Judiciário. O que equivale a dar poder discricionário ao órgão acusador. Sempre pensei assim, sem exceção. Uma coisa é o Coaf comunicar o MP a respeito de movimentação atípica. Outra coisa é o MP acionar o Coaf conforme seu livre desejo, especialmente se essa pessoa não for investigada. Isso me parece um perigo. A coisa cheira muito mal, e dias difíceis virão. Inclusive com impacto no Governo de Jair Bolsonaro.

Confira o comentário completo de Carlos Andreazza: