Carlos Andreazza: População vive aos pés de um vulcão sem saber

  • Por Jovem Pan
  • 28/01/2019 07h41
EFEO maior crime de todos, porém, está na desinformação calculada das pessoas na rota da morte

O drama de uma barragem de rejeitos se incia com projeto de engenharia a ser traído no futuro. Quando a demanda aumentar a e a mineradora responsável autorizar o puxadinho, que resolve o problema da armazenagem sobrecarregando o solo. Foi assim na Barragem do Fundão, em Mariana. Nenhuma mineradora faz vistorias diárias a contento no Brasil. Quando se pensa nisso e o transporta ao terreno montanhoso de Minas Gerais há o potencial destruidor de uma massa de lama. O maior crime de todos, porém, está na desinformação calculada das pessoas na rota da morte. A informação é negligenciada. Vive-se aos pés de um vulcão sem saber.

Confira o comentário completo de Carlos Andreazza: