TSE tem semana decisiva por conta de registro de chapa petista

  • Por Carlos Andreazza/Jovem Pan
  • 13/08/2018 07h44
DivulgaçãoEm quanto tempo os ministros declararão que o ex-presidente não pode ser candidato, porque condenado em segunda instância?

Esta será uma semana decisiva. Projetamos adiante os marcos da eleição presidencial. Outubro ainda parece distante. Mas 15 de agosto é quarta-feira. Isso mesmo: depois de amanhã.

Trata-se da data limite para inscrição de chapas no TSE. Ou seja: o dia em que Lula se apresentará formalmente à Justiça Eleitoral como candidato a presidente, gatilho provocador para que sua inelegibilidade se imponha.

A questão é: quando? Em quanto tempo os ministros declararão que o ex-presidente não pode ser candidato, porque condenado em segunda instância – linha de corte esticada pela Lei da Ficha Limpa?

Ao fim do dia 15, toda hora contará. A Justiça tem sido célere a propósito de Lula.

A estratégia de Lula é amplamente conhecida. Na sexta-feira, dia 17, por exemplo, haverá o debate entre presidenciáveis na RedeTV. Teremos, então, a estreia de Fernando Haddad como cavalo de Lula na corrida à Presidência? Ou a indefinição artificial ganhará uma nova semana? A bola estará com a Justiça Eleitoral. Trata-se de semana decisiva.