Denise: Ainda há um longo caminho para acordo UE x Mercosul ser firmado

  • Por Jovem Pan
  • 26/08/2019 09h44
Reprodução/Flickr/Felipe AlmeidaNo G7, mediação de Merkel teria sido fundamental para minimizar os recentes ataques feitos ao Brasil pelo presidente francês Emmanuel Macron

G7 encerra reunião nesta segunda-feira (26) após líderes chegarem a consenso para ajudar países que sofrem com incêndios na Amazônia. A mediação de Angela Merkel teria sido fundamental para minimizar os recentes ataques feitos ao Brasil pelo presidente francês Emmanuel Macron.

“A gente vê o encaminhamento do acordo comercial entre União Europeia e Mercosul, mas ainda tem um longo processo pela frente. Macron talvez tenha se precipitado ao colocar a Amazônia como uma possibilidade de interrupção das negociações, mas muita coisa ainda vai ter que ser definida nesse processo. Tem alguns detalhes no acordo que se referem a questão climática, que o Brasil terá que cumprir independente da postura que tomar agora. É um ponto que se chamava a atenção desde o início, que está colocado também como fundamental porque independentemente da questão de concorrência, tem essa preocupação ambiental.”

“O Brasil vai ter que se enquadrar para que o acordo possa avançar. Temos a situação da Argentina, que pode haver mudança política e interferir nas negociações. No final de semana, com a ação do Governo brasileiro de tentar combater os incêndios já mudou um pouco a posição, nós temos a Alemanha favorável a continuidade. Mas muita coisa ainda vai acontecer até a formalização e efetivação desse acordo”, completa Denise.