Denise: Serviços sofre desaceleração e afeta outros setores

  • Por Jovem Pan
  • 09/08/2019 10h46
Marcelo Camargo/Agência BrasilO setor de Serviços teve queda de 1% sobre o mês de maio e -3,6% sob junho de 2018

“O IBGE divulgou agora o balanço e mais um setor que apresenta performance negativa no mês de junho é o de Serviços, com queda de 1% sobre o mês de maio e -3,6% sob junho do ano passado. Um desemprenho muito fraco no ano porque vem em uma desaceleração. O IBGE até chama a atenção para isso. Eles fazem uma aferição trimestral. É uma média móvel trimestral. Eles colocam um mês e tiram o outro. E essa média trimestral vem em queda desde janeiro e agora registrou uma queda de 0,2% do trimestre até junho.”

“Então nos Serviços o setor teve variações positivas no inicio do ano e depois entrou em uma desaceleração. Em 12 meses a variação é de apenas 0,7%. É um dado que preocupa porque os Serviços é um setor que emprega muito e ele funciona como um intermediário dos outros setores. Entre os destaques, temos o transporte com três quedas seguidas e perda acumulada de 2,4%. Correios também. Isso significa que a intermediação dos setores é um termômetro importante do nível de atividade. A partir desse dado, se conta muito até com a possibilidade da retração do PIB no segundo trimestre”, explica Denise.