Denise: Vendas do comércio têm sexta alta consecutiva, mas perdem ritmo

  • Por Jovem Pan
  • 11/12/2019 10h10 - Atualizado em 11/12/2019 11h35
Marcelo Camargo/ Agência BrasilAumento foi apenas de 0,1% em outubro na comparação com setembro

As vendas do comércio varejista registraram aumento de 0,1% em outubro, na comparação com o mês anterior, de acordo com dados da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), divulgados nesta quarta-feira (11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Essa é a sexta alta consecutiva do índice, mas é o resultado mais fraco desde maio, quando o crescimento também foi de 0,1%.

O baixo resultado foi influenciado, principalmente, pela categoria de supermercados e hipermercados, que registrou uma variação negativa de -0,1% no mês.Apesar de ser uma diminuição pequena, esse setor tem um peso maior na composição geral do índice.

O número abaixo do esperado pode ser justificado, principalmente, por uma maior cautela da população na hora de comprar alimentos, que aumentaram de preço – principalmente a carne, com alta de 8%.

Além do setor de supermercados e hipermercado, apenas a categoria de livros, jornais e revistas também caiu, registrando -1,1%. Os outros setores de vendas permanecem em boa trajetória, principalmente o de material de construção, veículos e peças, com alta de 0,8%.