Após consolidar marca Vem Transar, sexpert Tatí Presser quer conquistar a internet

Livro publicado, peça de sucesso e produtos como jogo de tabuleiro sobre sexo deixam psicóloga orgulhosa, mas ela agora planeja mudanças em seu modelo de negócio para adequá-lo às mídias sociais

  • Por Fabi Saad
  • 06/01/2021 10h00 - Atualizado em 06/01/2021 13h54
DivulgaçãoA educadora sexual Tatiana Presser é autora do livro "Vem Transar Comigo" e da peça "Vem Transar com a Gente"

A psicóloga e educadora sexual Tatiana Presser expandiu sua expertise para além dos consultórios. O seu livro, “Vem Transar Comigo”, deu origem a uma peça, encenada por ela e o marido, o humorista Nizo Neto, filho de Chico Anísio. O sucesso nos palcos e no mercado literário foi a “grande conquista” de Tatí, mas a incansável sexpert já pensa em alterações no nome da marca Vem Transar a fim de conquistar a internet. Ela dedica sua vida a educar sexualmente as pessoas com objetivo de formar seres humanos mais equilibrados e felizes. Uma de suas metas é fazer com que os jovens deixem de aprender sobre sexo pela pornografia. Uma missão difícil, mas não impossível para uma mulher que, diante de obstáculos, responde com ciência e propriedade, sempre visando a saúde do ser humano como um todo.

1. Como começou a sua carreira? Comecei há mais de 20 anos, na Santa Casa do Rio Janeiro, trabalhando com a sexualidade das mulheres com câncer de mama/mastectomia e menopausa/climatério. Hoje minha clinica está aberta para todos por entender que as pessoas que passam por alguma dificuldade na saúde física ou mental estariam mais bem preparadas se já desfrutassem de uma vida sexual saudável.

2. Como é formatado o modelo de negócios do Vem Transar? Minha marca está sofrendo uma mudança por conta do nome Vem Transar, que não funciona bem com as mídias sociais. Provavelmente levará meu nome, Tatí Presser, isso ainda está sendo estudado. Tudo começou com meu livro “Vem Transar Comigo”, da editora Rocco, e o jogo de tabuleiro que lancei, o Vem Transar com a Gente. O livro se transformou em peça de teatro, também com o nome “Vem Transar com a Gente”, escrita por mim e na qual eu atuo junto com meu marido, o ator e comediante Nizo Neto. A peça fez muito sucesso no Rio de Janeiro e em São Paulo. Desenvolvi uma linha de produtos, em formato de licenciamento, também com o nome Vem Transar, que está disponível em todo o Brasil.

3. Qual foi o momento mais difícil da sua carreira? Quem trabalha com educação sexual, nunca tem momentos fácies. O tema é cercado de tabus, mas apesar de todos os momentos difíceis, nunca pensei em desistir. Curiosamente, sempre fui muito respeitada na minha profissão.

4. Como você consegue equilibrar sua vida pessoal x vida corporativa/empreendedora? Não é fácil, especialmente sendo mãe e esposa, mas com organização e pouca procrastinação, a gente consegue tudo. Tenho uma parceria muito grande com meu marido também, o que ajuda muito. Porém, para mim, o mais importante e sempre ter meu momento, isso é imprescindível.

5. Qual seu maior sonho? Espalhar a palavra da educação sexual, fazer as pessoas entenderem que ter uma vida sexual equilibrada não é apenas um capricho, é de extrema importância para atingir o verdadeiro bem-estar. Com adultos, mas também com crianças e adolescentes, para que estes também tenham um desenvolvimento saudável. Hoje, a maioria dos jovens aprendem sobre sexo e sexualidade pela pornografia. Infelizmente, as consequências disso são assustadoras, tanto para saúde física quanto para saúde mental. Meu maior desejo é mudar isso.

6. Qual sua maior conquista? Publicar meu livro em uma das três maiores editoras do Brasil e ele ser distribuído em todas as livrarias, com bastante destaque. Isso me trouxe uma outra grande conquista, que é o respeito e reconhecimento que tenho na minha profissão.

7. Livro, filme e mulher que admira. Livro: “A Cor Púrpura”; filme: “Tomates Verdes Fritos”; mulher: Betty Dodson.