Carvalhosa e sua turma fazem bem em pressionar Gilmar Mendes a cumprir a lei

  • Por Jovem Pan
  • 13/12/2017 11h04
Agência BrasilO ministro disse que não haveria verba suficiente para a implementação do voto impresso, depois disse que haverá verba para institui-lo em 5% das urnas

A equipe do jurista Modesto Carvalhosa me avisou na noite de terça-feira (12) que entrara com petição do TSE para que Gilmar Mendes implemente de modo integral nas eleições do ano que vem o voto impresso. O ministro disse que não haveria verba suficiente para a implementação do voto impresso, depois disse que haverá verba para institui-lo em 5% das urnas. A turma de Carvalhosa alega que a estimativa de Gilmar Mendes se baseia em um sistema mais caro que o necessário, e que o custo para implementação integral do voto impresso seria dez vezes menos que o previsto pelo presidente do TSE.

Confira o comentário completo de Felipe Moura Brasil: