Joseval Peixoto: Precisamos soltar grito de alerta à juventude nesta eleição

  • Por Jovem Pan
  • 24/10/2018 10h34
PixabayImaturos, os moços estão em atrito com os mais velhos, porque desconhecem que tudo que está acontecendo por aqui é temporário

O extremismo macabro que tomou conta dessa campanha está levando o País ao desespero, principalmente os jovens.

Imaturos, os moços estão em atrito com os mais velhos, porque desconhecem que tudo que está acontecendo por aqui é temporário, é apenas um debate político, não irá além da eleição.

Muitos dos moços falam em deixar o Brasil, como se já tivéssemos uma luta conflagrada.

A eleição é fato de internet, e as pessoas não se falam mais, ficam com olhos cravados nas telas e são escravos do WhatsApp. O mundo que conhecem é o das redes sociais, onde grupos espalham frustração e medo.

O Brasil não é isso, temos futuro glorioso pela frente. Se forma em nosso País a mais fatástica civilização da história em razão da miscigenação.

Bolsonaro e Haddad são efêmeros, voláteis. Estamos precisando soltar um grito de alerta à juventude, desliguem seus celulares, voltem ao reencontro com a própria vida.