Tem algo errado: desemprego cresce e lucros de bancos também

  • Por Jovem Pan
  • 01/08/2018 10h32
nattanan23/PixabayO analista do IBGE, Everton Carneiro, diz que o número crescente é explicado pelo desalento do trabalhador

O número de brasileiros fora da força de trabalho chega a 65,6 milhões. Trata-se do patamar mais alto da série histórica do IBGE. É um número que a gente não estava habituado, porque antes era noticiado o número de 13% da força de trabalho, caindo para 12,4% atingindo 13 milhões. O analista do IBGE, Everton Carneiro, diz que o número crescente é explicado pelo desalento do trabalhador. Mas chama atenção o número de empregadores sem cadastro: quase 1 milhão. Nisso, destaco a lucratividade dos bancos.

Confira o comentário completo de Joseval Peixoto: