Josias de Souza: Bolsonaro acende crise com potencial de mudar feições do governo

  • Por Jovem Pan
  • 24/04/2020 08h42
Dida Sampaio/Estadão ConteúdoA exoneração de Maurício Valeixo foi publicada na edição desta sexta-feira (24) do DOU e ainda não há indicação oficial de substituir o delegado

Após impasse com Sergio Moro, Jair Bolsonaro demite diretor-geral da Polícia Federal. A exoneração de Maurício Valeixo foi publicada na edição desta sexta-feira (24) do DOU e ainda não há indicação oficial de substituir o delegado.

“O presidente Bolsonaro atropela Sergio Moro para realizar uma intervenção na PF que nem mesmo Lula ou Dilma conseguiram operar na era do Mensalão e Petrolão. Michel Temer, multi denunciado durante seu governo, tentou e enfiou na direção-geral da Polícia Federal um delegado retirado do bolso do colete, Fernando Segóvia — fustigado pela corporação e pelo STF. Durou apenas 3 meses no cargo.

No momento, a Polícia Federal representa um risco para a dinastia Bolsonaro em três níveis. E roça o próprio gabinete do presidente no recém inaugurado inquérito sobre a manifestação do domingo passado, ornamentada com o discurso de Bolsonaro. Contra esse pano de fundo, isso acende o pavio de uma crise com potencial para mudar as feições do governo.”