Josias de Souza: Bolsonaro deveria firmar pacto consigo mesmo

  • Por Jovem Pan
  • 03/04/2020 08h22
Em entrevista à Jovem Pan, o presidente disse que está faltando humildade e que Luiz Henrique Mandetta deveria ouvi-lo

Jair Bolsonaro diz que ministro da Saúde extrapolou, mas que não vai demiti-lo no meio da guerra. Em entrevista à Jovem Pan, o presidente disse que está faltando humildade e que Luiz Henrique Mandetta deveria ouvi-lo.

“Na entrevista à Jovem Pan o presidente Bolsonaro cometeu três erros. Chutou três vezes e fez gol contra. Ele carbonizou Henrique Mandetta. O presidente cuja rotina incorporou uma trilha sonora de panelaços entra em processo de autocombustão quando desmerece o ministro que coleciona elogios como representante do governo na frente de batalha contra o coronavírus.

Ele disse que pode de abrir, em uma canetada, o comércio fechado pelos governadores. Presidente que desqualifica ministro e ameaça governar por decreto, sem tirar caneta do bolso, simula uma força que já não possui. Ele ainda tacou governadores e prefeitos poucos dias depois de ter formulado, em rede nacional, uma proposta de pacto. O presidente, tão errático, talvez devesse firmar um pacto consigo mesmo. O de parar de atirar contra o próprio pé.”