Josias de Souza: Bolsonaro sancionou projeto anticrime com artigo anti-Moro

  • Por Jovem Pan
  • 26/12/2019 08h01 - Atualizado em 26/12/2019 08h35
Pedro França/Agência SenadoDeclaração de Bolsonaro dizendo que não pode dizer sempre "não" foi postada um dia após o presidente sancionar o pacote anticrime

Jair Bolsonaro diz que não pode dizer sempre “não” ao Parlamento. A declaração foi postada um dia após o presidente sancionar o pacote anticrime aprovado pelo Congresso Nacional.

“Ao contrariar Sergio Moro sancionando o pacote anticrime sem vetar o juiz de garantia, Bolsonaro se reposicionou no palco. Atormentado com a investigação que encrenca o filho Flávio, o presidente deixou claro que já não enxerga algumas posições de Moro como certas.”

“No caso do juiz de garantias, que introduz um segundo magistrado nos processos, Bolsonaro preferiu ficar ao lado das duas bancadas que se empenharam para aprovar a novidade no legislativo: a bancada dos encrencados e dos cúmplices. Ironicamente, injetou-se no pacote anticrime — elabora por Sergio Moro — um artigo anti-Moro. E o presidente sancionou.”