Josias de Souza: Não se pode dialogar com quem merece prisão e punição exemplar

  • Por Jovem Pan
  • 24/02/2020 07h56 - Atualizado em 24/02/2020 08h14
JOÃO DIJORGEPHOTOPRESSESTADÃO CONTEÚDOPoliciais presos neste domingo faltaram à convocação para reforçar a segurança no interior do Estado nesse Carnaval

O Ceará segue com crise na segurança publica e mais 37 PMs são presos durante motim da categoria. Esses policias faltaram à convocação desse domingo (23) para reforçar a segurança no interior do Estado nesse Carnaval.

“Sempre que lidam com policiais de armas na mão e capuz na cara os governos precisam adotar um lema: jamais converse com um policial amotinado a não ser em legítima defesa. Essa é a forma correta em lidar com bandidos. Policias sublevados do Ceará pedem diálogo ao governo do Estado — mas não se pode dialogar com quem merece interrogatório, prisão e punição exemplar.

Não há outro caminho senão o adotado pela Polícia Militar do Ceará, que prendeu dezenas e começou a cortar os contra-cheques dos amotinados e encaminhar os inquéritos. Diante de policiais capazes de tudo, governo se revelaria incapaz de tudo se não providenciasse punições exemplares.”