Josias: Trump usou Casa Branca como palanque para avacalhar democracia dos EUA

Republicano voltou a atacar a apuração, principalmente os votos feitos pelos correios, sem provas

  • Por Jovem Pan
  • 06/11/2020 08h15 - Atualizado em 06/11/2020 11h09
Doug Mills/EFEJoe Biden, que reduziu a vantagem do republicano em estados-chaves e segue como favorito na reta final, pediu calma

Sem provas, Donald Trump volta a atacar a apuração e faz ataque à democracia nos Estados Unidos. Joe Biden, que reduziu a vantagem do republicano em estados-chaves e segue como favorito na reta final, pediu calma ao país em meio a novos protestos. “O presidente Donald Trump foi acometido por uma síndrome do que está por vir. Ele reiterou que há fraude na sucessão presidencial americana e, sem exibir uma mísera prova, taxou de ilegais os votos que aproximam o seu rival Joe Biden da vitória. ‘Vão tentar roubar a eleição da gente’, declarou Trump, antes de desqualificar a votação pelos correios que está prevista em lei.”

“Trump disse que essa votação pelos correios torna as pessoas corruptas. A manifestação do presidente americano cai sobre a conjuntura como uma lápide, soa como um reconhecimento antecipado da derrota. A presidência oferece aquele que à ocupa uma tribuna especial. Algo que o ex-presidente americano Franklin Delano Roosevelt chamava de púlpito formidável. De um bom presidente, espera-se que aproveite a vitrine privilegiada para irradiar confiança e bons exemplos. Trump fez o oposto na noite passada. Ele usou a Casa Branca como palanque para avacalhar a democracia dos EUA propagando mentiras sobre o processo eleitoral americano.”