Marco Antonio Villa: Ernesto Araújo está a serviço de uma potência estrangeira

  • Por Marco Antonio Villa
  • 04/03/2019 08h11
Agência BrasilO ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo

A tragédia da Venezuela está profunda, a caminho do término. Mas esse término não é tão rápido quanto se imagivana há duas semanas. O processo é mais complexo devido a especificidade da ditadura venezuelana. Vamos ver se o Brasil continua mantendo a mesma posição correta, externada em Bogotá pelo vice-presidente, Hamilton Mourão, impedindo que o ministro das Relações Exteriores, Erneste Araújo, falasse. Eu o chamo de José Dias, de Dom Casmurro, ele é igualzinho: está a serviço de uma potência estrangeira e não a serviço do Brasil. Ainda bem que temos uma pessoa sensata na vice-presidência da República que impede que esse neointegralista possa impor a sua visão de mundo, que vem de uma potência estrangeira, e é uma ideologia exótica, como uma visão do Brasil.