Não existe “meia intervenção”

  • Por Jovem Pan
  • 16/02/2018 10h47 - Atualizado em 16/02/2018 10h48
Fernando Frazão/Agência BrasilMilitares fazem operação na favela da Rocinha após guerra entre quadrilhas rivais de traficantes pelo controle da área, em setembro de 2017

Finalmente o governo federal tomou uma providência, diz Marco Antonio Villa sobre o anúncio de que haverá uma intervenção no rio de Janeiro. “Parabéns. Tinha que ser tomada uma providência”.

Agora, vamos ver o conteúdo desse decreto e a extensão da intervenção.

Ou o governo faz uma intervenção de fato, ou não faz, diz Villa.

Se a intervenção for apenas para a questão da segurança pública, ficaria amputado o governo estadual, pondera. “Estamos entrando em um terreno muito complicado”.

Muitos especialistas compartilham da tese de que não existe meia intervenção. Esta solução poderia agravar a crise se houver meia intervenção.

O comentarista ressalta a corrupção existente no conjunto estatal do Rio, inclusive no Judiciário.

“Pode ser que o governo esteja criando a maior crise produzida por uma leitura equivocada da Constituição de 1988”, finalizou.