Villa: Ernesto Araújo é adversário dos interesses estratégicos do Brasil

  • Por Jovem Pan
  • 14/05/2019 10h06
Alan Santos/PRIdentifico no ministro das Relações Exteriores um adversário dos interesses estratégicos do Brasil. O aviso está sendo dado

A relação entre a recuperação econômica brasileira e a política externa. A recuperação econômica está sendo tímida e inferior ao que imaginávamos no fim do ano e começo de 2019. É uma situação com muita turbulência política interna e, por isso, dependemos de cenário internacional favorável.

Porém, a política externa pode prejudicar o Brasil. A política externa norte-americana é agressiva e defende seus interesses. Sendo assim, quando olhamos aos Estados Unidos, fico preocupado, mas com olhar de um brasileiro.

Minha preocupação é a questão da Venezuela. Os EUA querem invadir o nosso vizinho e Juan Guaidó está incentivando esse tipo de ação. Neste caso teremos um problema na nossa fronteira norte. Um conflito estenderia ainda o problema para a fronteira com a Colômbia.

Uma intervenção militar na Venezuela por parte dos EUA ainda faria disparar o preço do petróleo. Na relação com o Irã, ainda, os EUA podem fazer disparar o preço do petróleo também.

Quando você não tem perspectiva nacional, de defender interesses nacionais você prejudica a recuperação econômica brasileira.

Quando eu falo de política externa, penso no nosso Brasil. A recuperação econômica não pode ser prejudicada pela irresponsabilidade de uma política externa a serviço de interesses antinacionais e que coloquem em risco a segurança do Brasil.

Identifico no ministro das Relações Exteriores um adversário dos interesses estratégicos do Brasil. O aviso está sendo dado.

Confira o comentário completo de Marco Antonio Villa: