Constantino: Mesmo com recuo no Orçamento, ainda estamos longe de um Estado equilibrado

  • Por Jovem Pan
  • 18/12/2019 07h48
Rafael Neddermeyer/ Fotos PúblicasO projeto que segue para sanção presidencial inclui o salário mínimo de R$ 1031 e libera um rombo de R$ 124 bilhões nas contas públicas

O Congresso Nacional aprova o Orçamento 2020 com fundo eleitoral de R$ 2 bilhões. O projeto que segue para sanção presidencial inclui o salário mínimo de R$ 1031 e libera um rombo de R$ 124 bilhões nas contas públicas.

“O Congresso recuou e ficou com esse valor de R$ 2 bilhões para financiar campanhas eleitorais. Ainda é um valor indecente. É uma pena que o destaque do partido Novo tenha sido rejeitado, porque reduziria ainda mais R$ 700 milhões. Precisamos nos atentar também para esses R$ 124 bilhões de déficit primário, ou seja, antes do pagamento da dívida. Ainda estamos longe de um Estado equilibrado, temos muito a fazer na redução de gasto público.”