Constantino: MP do governo leva a crer que paralisação não vai ser de 15 dias

  • Por Jovem Pan
  • 02/04/2020 07h44 - Atualizado em 02/04/2020 08h21
EFE/EPA/ERDEM SAHINIniciativa pode valer por até três meses e o trabalhador terá um período de estabilidade, igual ao da redução nos vencimentos

Nova Medida Provisória do governo autoriza redução de até 70% no salários e jornada de trabalho. Iniciativa pode valer por até três meses e o trabalhador terá um período de estabilidade, igual ao da redução nos vencimentos.

“É uma boa medida, completa. Tem várias escalas de compensação desses salários, regras de quem pode ou não pode. A ideia é boa, porque precisamos preservar empregos e a equipe econômica estima que sem essas medidas até 12 milhões podem ficar desempregadas. Nós entrevistamos o presidente da CNI e ele diz que a indústria está paralisada em 70% da sua produção, um número estarrecedor.

Você tem que compensar por meio do Estado, do governo, nesse momento em até 70% para que as pessoas não sejam demitidas pelas empresas. Ou seja, é uma medida emergencial que tem a duração de três meses. Isso também leva a crer que a paralisação não vai ser de 15 dias, como alguns tentaram se iludir e iludir os outros.”