Constantino: Sabatina de Kassio Marques foi ‘para inglês ver’

O desembargador federal foi aprovado pele CCJ e pelo plenário para substituir Celso de Mello no STF

  • Por Jovem Pan
  • 22/10/2020 07h51 - Atualizado em 22/10/2020 09h09
MATEUS BONOMI/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDOO jurista é a primeira indicação de Jair Bolsonaro para a Corte

Kassio Nunes Marques é aprovado pelo Senado e vai assumir vaga no Supremo Tribunal Federal. O jurista é a primeira indicação de Jair Bolsonaro para a Corte e vai substituir Celso de Mello, que se aposentou após 31 anos como ministro. “Foi uma sabatina para inglês ver. Lamentável que seja assim no Brasil, mas não é de hoje. Basta pensar que alguém como Dias Toffoli passou na sabatina. Ainda assim poucos senadores fizeram perguntas duras, de fato. Não tem nada semelhante ao que acontece nos Estados Unidos, por exemplo, onde a vida do candidato é devassada”, disse.

“Perguntas são feitas para testar, de fato, o notório saber jurídico e também a questão da reputação ilibada. No Brasil, o Senado, dessa forma, se transforma em uma espécie de carimbador, de despachante. E a gente sabe o real motivo disso. Na verdade são os senadores que tem o poder de abrir processo de impeachment contra algum ministro do Supremo e, por outro lado, são os ministros do STF que julgam os senadores em casos de suspeita de corrupção quando eles possuem foro. Dessa forma cria-se um ciclo vicioso e quem perde é o Brasil.”